Quem somos | Materiais Educativos | Fale com nosso consultor
Post

Taxa de boleto: a empresa pode cobrar do cliente?

O boleto bancário é um dos principais meios de cobranças do Brasil e sua utilização traz muitos benefícios tanto para empresas, quanto para consumidores, uma vez que taxa de boleto é bem inferior às praticadas pelas operadoras de cartão.

Normalmente, a taxa de boleto é fixa, enquanto os cartões cobram um percentual sobre a transação. Por exemplo, em uma compra com valor de R$ 200,00, utilizando o boleto, a tarifa cobrada será de R$ 3,47, enquanto no cartão, se o pagamento for efetuado no crédito, o valor da taxa seria R$ 9,00, o que equivale a 4,5%. Seria mais que o dobro da tarifa cobrada no boleto.

A TEC (Tarifa de Emissão do Carnê/Boleto) é variável de acordo com cada emissor. Um sistema intermediador de pagamento, como o Padmoney, cobra somente a liquidação do boleto, enquanto os bancos têm tarifas para emissão, liquidação, cancelamento e manutenção de títulos vencidos.

Leia também: Descubra como gerar boleto e otimizar seu processo de cobrança!

Um sistema intermediador de pagamento é um grande aliado no combate à inadimplência no seu negócio, uma vez que toda a gestão de cobranças é automatizada. Com isso o seu cliente sempre receberá seu boleto dentro do prazo para pagamento e em caso de atraso no pagamento, o sistema enviará lembretes de vencimento através de e-mail e SMS.

Veja 5 dicas para diminuir a inadimplência no seu negócio.

Mas a empresa pode repassar ao cliente o valor da tarifa do boleto?

Essa é uma dúvida que muitos consumidores têm, já que repassar ao cliente a taxa de boleto é algo comum para alguns empreendedores. Entretanto essa cobrança é ilegal e é configurada como prática abusiva que contraria o CDC (Código de Defesa do Consumidor), uma vez que o custo para emissão ou liquidação do boleto é de total responsabilidade da empresa e jamais deverá ser transferida para o cliente.

Contudo, caso a empresa opte por realizar a cobrança da taxa de boleto, o consumidor poderá procurar o PROCON de sua cidade e realizar uma denúncia, já que este repasse fere o não só o Código de Defesa do Consumidor, mas também o Código Civil.

É importante que as pessoas estejam atentas ao receber um boleto para pagamento e sempre verificar se o valor cobrando está de acordo com o preço do produto ou serviço. Algumas empresas colocam essas informações no campo de “instruções” dos boletos ou quando emitem notas fiscais, este valor normalmente estará no campo “outros valores”. 

Uma vez denunciada e provada a prática abusiva, a empresa é obrigada a devolver ao consumir o valor em dobro da taxa cobrada e ainda poderá receber uma multa como penalidade. Esta multa não possui um valor fixo, é variável de acordo ao porte da empresa.

Portanto, recomendamos sempre aos empresários que não repassem a taxa de boleto aos seus clientes, assim você evitará problemas, continuará gozando do prestígio junto ao consumidor e, não menos importante, estará agindo dentro da legalidade, o que na verdade é um dever de todas as empresas.

E ainda que exista uma taxa, utilizar boleto bancário tem inúmeras vantagens em relação às demais formas de pagamento, como:

Tarifas reduzidas

Como mencionei acima, o boleto bancário tem tarifas fixas e menores do que as praticadas no cartão de crédito, por exemplo. Utilizando o cartão como forma de recebimento, você poderá pagar 300% ou mais sobre o valor da transação. Já com o boleto, essa tarifa é fixa independente do valor que está sendo transacionado no momento da compra.

No Padmoney, quanto maior a quantidade de boletos liquidados, menor será a sua tarifa.

Segurança

A Nova Plataforma de Cobranças da FEBRABAN (Federação Brasileira de Bancos) trouxe mais segurança para as transações envolvendo boleto bancário. Algumas pessoas têm uma certa resistência em utilizar o cartão de crédito, principalmente devido a problemas de clonagem. Com o boleto bancário, isso não acontece e o processo tornou-se mais seguro após a reformulação realizada para FEBRABAN.

Só paga se o seu cliente pagar

Uma outra grande vantagem de utilizar o boleto, sobretudo com os intermediadores de pagamento, como o Padmoney, é que você só paga se o seu cliente pagar o boleto. 

No Padmoney não há cobrança de taxa de cadastro, mensalidades, emissão, cancelamento ou manutenção de títulos vencidos, mas somente se o boleto for liquidado. Isso traz uma grande economia, principalmente se for comparado ao serviço ofertado pelos bancos.

Rapidez para receber o seu dinheiro

Diferentemente das operadoras cartão que disponibilizam os valores para transferência normalmente com 14 a 30 dias após a transação, o boleto bancário faz esta liberação com até 2 dias após a realização do pagamento.

Além de pagar uma tarifa menor, você tem o seu dinheiro disponível mais rápido. Utilize um intermediador de pagamento e tenha uma menor taxa de boleto. Otimize suas cobranças, conheça o Padmoney.

Robelio Junior

Um mineiro graduado em computação, que se apaixonou pelo marketing digital e trabalha na área desde 2012. Torcedor do São Paulo Futebol Clube e chef de cozinha nas horas vagas.

Posts que você pode gostar

Post Gestão e Negócios

5 modelos de negócios perfeitos para o uso da cobrança recorrente

Post Comunicados

Confira como será o funcionamento do Padmoney neste fim de ano

Post Gestão e Negócios

Como superar a crise financeira nos negócios?

Post Boleto Bancário

Você sabe o que é boleto de proposta?

Deixe seu comentário